SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2RELACIÓN ENTRE LA PERCEPCIÓN DE LA RESILIENCIA Y LA AUTOESTIMA EN NIÑOS DE 10 A 12 AÑOS DE COLEGIOS PRIVADOS Y PÚBLICOS DE LA CIUDAD DE LA PAZCARACTERIZACIÓN DE LAS FAMILIAS TARIJEÑAS DESDE LAS DIMENSIONES VINCULARES: ESTUDIO DE CASO DE FAMILIAS CON AL MENOS UN HIJO ADOLESCENTE EN LA CIUDAD DE TARIJA índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Ajayu Órgano de Difusión Científica del Departamento de Psicología UCBSP

versión On-line ISSN 2077-2161

Resumen

MIRANDA ARAOZ, Carla. TERAPIA FAMILIAR ESTRUCTURALISTA APLICADA A UMA FAMILIA COM UMA CRIANÇA AUTISTA. Ajayu [online]. 2015, vol.13, n.2, pp. 284-299. ISSN 2077-2161.

Este documento aborda duas questões importantes, a terapia estruturalista familiar em uma família com uma criança com diagnóstico de autismo. O autismo é uma doença com características multifatoriais que, embora não haja cura, afeta não só o paciente, mas a família e o autismo é apresentado como uma experiência de luto para a família. Se trabalha com terapia familiar estruturalista para uma mudança positiva no seio da família que permita um melhor desenvolvimento na criança a nível pessoal e social e que a família, apesar da doença, possa funcionalmente se reorganizar. Os resultados deste trabalho mostram que através da terapia estruturalista se atingiu uma mudança positiva na organização familiar para ter fatores funcionais que permitam uma melhor qualidade de vida não só para a criança com autismo, mas também a todos os membros da família.

Palabras clave : Autismo; Terapia estruturalista e Família.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License